©2018 by Instituto de Projetos e Pesquisas Socioambientais. Proudly created with Wix.com

mapeamento de áreas matas ciliares degradadas e diferentes usos da água na micro bacia de salto, saraçara e sorocamirim.

Sub Bacia 06 - Alto Sorocaba - URGHI 10 - SBH - SMT

O IPESA identificou a necessidade de mapear toda a Zona de Conservação da Biodiversidade, definida no Plano de Manejo da APA Itupararanga aprovado em 2010 pelo Conselho Estadual de Meio Ambiente - CONSEMA.

Com a  produção de material cartográfico em escala de detalhe (1:10.000) de toda a ZCB, a Coordenadoria de Planejamento Ambiental do Estado de São Paulo (CPLA), o Comitê de Bacias Hidrográficas - Sorocaba Médio Tietê (CBH-SMT) e o Conselho Gestor da APA Itupararanga, terão maiores subsídios para aplicar as regras instituídas para a região, descritas a seguir (pag 8):

Na ZCB deverão ser evitadas e minimizadas as atividades que impliquem em:
I - Fragmentação dos maciços florestais remanescentes;
II - Introdução de espécies exóticas invasoras e flora e fauna;
III - Utilização de agrotóxicos de alta toxicidade e largo espectro.

Não são permitidos os seguintes usos:
I - Atividades industriais que gerem efluentes poluentes, a exemplo de: refinarias de petróleo, siderúrgicas, indústrias em que haja processos de redução de minério, indústrias de celulose, indústrias de vidro plano, usinas de açúcar e álcool, indústrias de cimento, incineradores industriais, indústrias de automóveis, indústrias de fertilizantes que processem rocha fosfática, complexos químicos ou petroquímicos, entre outros, conforme o estabelecido no Decreto 4.544/02.
II- Instalações destinadas a necrópoles;
III - Instalações para o tratamento e a disposição de resíduos sólidos de qualquer natureza;
IV - Loteamentos habitacionais e condomínios que impliquem na supressão de
vegetação em estágio inicial, médio ou avançado de regeneração.
V- Prática de pesca considerada predatória e aqüicultura.

 

parceria e patrocínio